Tipos De Violão

/, violão/Tipos De Violão

Tipos de violão, o seu violão ideal

Leia, compare e escolha qual o tipo de violão é ideal para você

Violão é tudo igual? Nunca mais pense isso! Hoje vamos conhecer os diferentes tipos de violão, com detalhes que não podem escapar em uma compra. Então, partiu?

NYLON x AÇO

De forma geral, podemos categorizar o violão em dois principais tipos: violões de cordas de nylon e os violões de cordas de aço. O primeiro é mais usado no erudito popular brasileiro, traduzindo para o português bem claro estamos falando do sertanejo, flamenco, samba, entre outros. O som mais agudo e suave permite composições mais doces.

Violões a base de cordas de nylon são os mais indicados para quem está começando com o instrumento.

Já os com aço possuem som mais graves, e é bem querido por profissionais. O som é mais amplificado acústico, provoca impacto maior.

Se quiser conhecer um curso de violão EXCELENTE! Clique no botão abaixo 👇🏻

CONHEÇA O CURSO CLICANDO AQUI


VIOLÃO CLÁSSICO

O típico popular, o violão clássico é o mais conhecido e usado entre os músicos. Como características possui 6 cordas, geralmente feitas de nylon, sua escala é mais larga, seu bojo está para o braço na 12ª casa e o som tem afinação macia e suave.

Muitas destas características contribuem para ser ele o mais popular, por quê? Eu explico. Por ter cordas de nylon, já explicado no artigo como tocar violão, ele provoca um som doce e harmônico sem a exigência de muita pressão com os dedos e sem palheta. Esse motivo somada a leveza do modelo clássico contribui para ser ele o mais indicado aos iniciantes.

Além do mais,  violão feito de nylon tem suas cordas agudas mais grossas, tornando o som mais suave.

Outro ponto que sem dúvida conta bastante é o preço, muito acessível, ficando na média de X a Y.

Que tipo de música você pode tocar com ele? Sem querer dá respostas vagas, mas é extremamente versátil para indicações, toca do clássico ao popular. Inclusive , MPB,sambas, flamenco, jazz, country, etc.

VIOLÃO FLAT

Flat não é folk! Embora haja certa confusão, são tipos de violão completamente distintos. Enquanto o folk é um fanfarrão em espaço e tamanho, o violão flat é bem mais fino e com a caixa menor. Tanto que o próprio nome “flat” significa “plano ou liso”. Além do mais o modelo pode ser encontrado com ambas as cordas (aço ou nylon), mas com nylon é a mais fácil de ser encontrada.

Em relação ao seu potencial musical, como consequência da sua caixa pequena, o som é bem reduzido, sendo mais indicado para o uso com amplificação.

Outro ponto curioso do flat é o seu designer, em muitos casos bem semelhante à guitarra. 

VIOLÃO FOLK/DREADNOUGHT

Muito chamado por Folk, seu nome real é Dreadnought. É bem volumoso em tamanho, caixa bem grande, muita projeção e ressonância no som. O legal deste tipo de violão é justamente seu som forte, com ênfases nos graves.

Sobre aplicações, é um tipo ótimo para bases e solar. Mas exige maiores habilidades para tocar plugado, pois o violão por si só já possui som forte.

Quanto à valores, os preços tendem a variar entre as marcas, sendo que o preço mínimo encontrado até momento foi R$400,00.

Embora seja um violão de aço não incomum a presença do instrumento no sertanejo, blues e até rock. Por ter aplicações semelhantes ao flat ocorre uma pequena confusão entre eles.

VIOLÃO JUMBO

Jumbo é até agora o maior da série, maior inclusive que o folk. Conhecido especialmente como “violão do Elvis Presley”.

Sobre as características gerais do instrumento, seu corpo é mais largo com uma base arredondada, som grave e encorpado.

Também posto na categoria cordas de aço, suas aplicações remetem aos estilos MPB, Country, pop e rock é claro.

MAIS MODELOS

Os modelos com proporções mais diferentes são os citados acima, os outros apresentam diferenças sutis. Abaixo vamos conhecer juntos os que possuem as variações mais relevantes.

7 CORDAS (VIOLÃO BRASILEIRO)

Popularmente conhecido como violão brasileiro por suas aplicações no choro e no samba, é um tipo de violão também bem interessante.

A estrutura é idêntica ao clássico, a principal diferença é ele possuir 7 cordas (o nome entregou). E a última corda é mais grave que as demais, em dó ou si.

Ainda falando da particularidade deste tipo de violão.. a sétima corda é um tanto difícil de lidar, portanto exige habilidades do músico.

Sobre as cordas encontramos tanto em nylon como em aço.

12 CORDAS

Assim como o 7 cordas, a única diferença em relação à estrutura, apenas cordas. Contém o dobro delas, agrupadas em pares.

Difícil de ser tocado, pela técnica de pressionar duas cordas ao mesmo tempo. Em suas características, as duas primeira cordas são mais agudas, as demais cada par tem uma nota e sua oitava acima.

Raramente é usado para solos.

VIOLÕES ZERO

Pelo andar da carruagem soa até engraçado, 7, 12 cordas e agora o violão Zero. Mas o violão zero, pertence a uma categoria de modelos em comum, violões zero, duplo zero e três, todos em proporções pequena quando comparados aos outros modelos convencionais. Além disso não são indicados para uso profissional apenas casual. 

O violão Zero é o menorzinho da galera, prático e confortável possibilita uso por longa duração.

VAZADO

É uma versão interessante do violão flat, sua principal característica é sem dúvida o designer exótico. Pode ser usado por ambos os tipos de cordas (nylon ou aço). Ideal para quem gosta de ter os olhares voltado para si.

Uma outra vantagem deste tipo é que ele ocupa pouco espaço. Você desmonta e consegue guardar nos espaços mais pequenos.

CUTAWAY

Não é um especificamente um dos tipos de violão, cutaway para quem não sabe é um recorte na parte inferior do instrumento. Cujo a principal finalidade é facilitar o acesso às casas acima da 14.

Tem como principal diferença a estética, mas contém uma mudança sutil no som. Violões sem cutaway  possuem mais volume e mais graves.

QUAL VIOLÃO SERÁ O SEU?

Agora que você já conheceu os principais tipos de violão, sem dúvidas já está com um modelo na cabeça. Estou muito curioso para saber qual!
Mais difícil que escolher um violão, dentre tantas opções, é saber como tocar ele. Tenho certeza que você irá conseguir, não existe fórmula mágica, precisa treinar e estudar muito.

Para melhor orientação sempre aconselhável um bom e velho curso de música… Quer dizer já foi velho, né? As opções dentro da internet são grandes, mas é claro que o conteúdo detalhado e bem formado ainda está na mão dos cursos pagos.

Se por um lado isso pode ser negativo, por outro dá mais segurança ao iniciante e confiança por está investindo em sua aprendizagem. Variações a parte, você ainda pode sair na frente de muita gente por iniciar um curso antes de esperar cometer os erros vicinais (eles irão aparecer, garanto).

Então você quer aprender a tocar seu novo modelo de violão rápido e do jeito certo? Cabe então tomar as melhores decisões por onde e como começar. Se está perdido e quer uma luz, vou dar uma indicação, clique aqui ou no botão abaixo para conhecer um curso ao seu alcance:

Se quiser conhecer um curso de violão EXCELENTE! Clique no botão abaixo 👇🏻

CONHEÇA O CURSO CLICANDO AQUI

 

 

2020-04-20T15:45:53-03:00